NADA POÉTICA (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


Mestre das letras, ensina-me sua escrita, assim quem sabe possa tornar-me poeta e me banharei das fontes límpidas e higienizantes que as palavras nutrem e preservam. Quero jamais me prestar ao desvelo de deixar esse poetar,  que mataria também a sorte de quem gosta de  apreciar a arte de outro poetar onde a  poiésis é  morada direção de sua jornada.
Mesmo sendo a letra de outra dimensão, será essa toda poética condição de onde veem ventos, esses sopros que é pura inspiração. O paterno útero literário gera palavras que agem em harmonia
e  crescem, florescem e se traduzem em alegria ou elegias. Mas  o consolo do poeta é essa sua lida,  sua vida é sem cura, pois entre rumos e rimas poeticamente aí está a mistura que jamais sacia, mas certamente alumia muita mente escura.
Procuro a poesia que busca na insanidade, a dialética da humanidade que jamais poderá ser decomposta entre linhas que gritam por liberdade
diga que sim
O poeta é por vezes um pássaro que madruga, ele se irmana neste dia que nos torna irmanado às palavras;  O poeta  é  sal matutino, que tempera falas sabendo que  estas povoam noites, dançam madrugadas, colorindo assim a  poesia.
Já no amanhecer se silencia e nesse silencio amanhecedor rompe estrelas, se traduz em raios, permeando o dia desejando-nos que seja bom…
Anúncios
Published in: on 2 de agosto de 2017 at 2:06  Comentários desativados em NADA POÉTICA (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  
O LADO ESCURO DA LUA

Minha maneira de ver, falar, ouvir e pensar o mundo... se quiser, venha comigo...

palavra[interna]

JAMES MORAIS & LAIANA DIAS | BRAZIL | Poesias & Reflexões

Liberte-se!

Tem coisas que só sai da gente por escrito.

Curtir THE Novo

Luz, Alegria e tudo que há THE novo

marcianossabemler.wordpress.com/

Para gostar tanto de livros, só poder ser ETE!

DITIRAMBOS

Poemas, Ensaios, Críticas, Biografias, Tudo Sobre Poesia e Poetas Realmente Importantes. A Poesia em Diálogo com outras Artes. A isso se propõe o Ditirambos. Haroldo de Campos: Não importa de fato chamar o poema de poema: importa consumi-lo, de uma ou outra forma, como coisa.

Experimentarte

espaço de expressão do artista

Rubem Alves:

Ler é fazer amor com as palavras.(blog sobre Rubem Alves)

Rubem Alves | Blog não oficial

coletânea de textos desse grande Educador

Esquizofrenia das Artes

Blog dedicado a divulgação cultural e artística

Cacos Metafóricos

por Petterson Farias

Nas Duas Margens

Nas duas margens - blogue de Vamberto Freitas

O LIVRO DOS SERES IMAGINÁRIOS

Vivemos pelo poder das coisas que não existem. Por isso, os deuses são tão poderosos. (Paul Valery)

Poesia Lunar

cercada de poesia por todos os lábios

%d blogueiros gostam disto: