OLVIDAR (Série Poema no Poema) ROBERTA LESSA


10509532_10203159781288500_7370327127401616701_n
QUE HAJA AUDIÇÃO À TODAS AS VOZES
Uivemos por sinceridade, haja vista o falar humano ser desintegrado.
Grasnemos por cordialidade, haja vista o jurar humano ser deturpado
Miemos por lealdade, haja vista o calar humano ser equivocado.
Mujamos por humildade, haja vista o amar humano ser perturbado
Sibilemos por igualdade, haja vista o nivelar humano ser roubado.
Mujamos por solidariedade, haja vista o propagar humano ser inusitado.
Chilreemos por honestidade, haja vista o estimular humano ser agoniado.
QUE HAJA ECO PARA A SONORIDADE DO PLANETA

Texto: Roberta Lessa
Imagem: Coletada na internet

Anúncios
Published in: on 19 de agosto de 2017 at 21:02  Comentários desativados em OLVIDAR (Série Poema no Poema) ROBERTA LESSA  

LIBERTAÇÃO AUTO IMPINGIDA(Série Poema No Poema) ROBERTA LESSA


10410464_10203160846315125_7727216167878350914_n
LIBERTAÇÃO AUTO IMPINGIDA
Ser seletivo é opção das mais doloridas: abunda subjetivações
Ser subjetivo é opção das mais queridas: abunda reflexões
Ser reflexivo é opções das mais áridas: abunda adjetivações
Ser adjetivo é opções das mais proferidas: abunda objetivações
Ser objetivo é opções das mais e pretendidas: abunda reflexões
Ser refletivo é opções das mais exauridas:: abunda relativações
Ser relativo é opções das mais e competidas: abunda seleções
É A MAIS DIFÍCIL DAS LIBERDADES

Texto: Roberta Lessa
Imagem: Coletada na internet

 

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:48  Comentários desativados em LIBERTAÇÃO AUTO IMPINGIDA(Série Poema No Poema) ROBERTA LESSA  

MINHAS PROCURAS (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


945849_10206653841917832_3096248038751667554_n
PROCURO SER O INVERSO DISSO QUE VEJO.
LUTO CONTRA ESSE ABUSO INSTITUCIONAL DE UM SER NO OUTRO.
OBSERVO COM CLAREZA ENGÔDOS COMPORTAMENTAIS E SOCIAIS.
OPTO PELA DECÊNCIA NO SER PARA COERÊNCIA NO FAZER. SER.
BUSCO RESPEITO À PROCESSOS APLICANDO SABERES REAIS.
RESPEITO PARA SER, A MEDIDA QUE SOU RESPEITADA,
QUERO LIMPEZA ÉTICA HUMANA ACIMA DA FALÁCIA PARTIDÁRIA.
Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:43  Comentários desativados em MINHAS PROCURAS (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  

FUGA DO PENSAR (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


images
– Ultimamente percebo muito de amizades que se diferenciam na igualdade de direitos. Será isso correto ou total inversão de valores?

– Ultimamente percebo muito de privilégios que abrem portas e possibilidades à poucos. Será isso correto ou total abuso de poderes?

– Ultimamente percebo muito de sacrilégios que usurpam todo processo cultural genuíno e natural. Será isso divino ou total engôdo religioso?

– Ultimamente percebo muito de nomes que escancaram portas e janelas sociais. Será isso perfeição ou total ausência de decência?

– Ultimamente percebo muito de grana que compra almas e posturas humanas. Será isso justo ou total incoerência moral?

– Ultimamente percebo muito de grupos que se associam e corrompem coletivos. Será isso lícito ou total carência de respeito?

– Ultimamente percebo muito de gente que gritam e esbravejam ordens. . Será isso política ou desperdício de voto ?

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:42  Comentários desativados em FUGA DO PENSAR (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  

FAMÍLIA IMPORTANTE (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


10423812_10203169601053988_3188867834132635949_n
FAMÍLIA IMPORTANTE
Como percebo gente: quando desapercebo uso de amizades para
Como percebo amizade: quando desapercebo uso de privilégios para
Como percebo privilégio: quando desapercebo uso de sacrilégios para
Como percebo sacrilégio: quando desapercebo uso de nomes para
Como percebo nome: quando desapercebo uso de granas para
Como percebo grana: quando desapercebo uso de grupos para
Como percebo grupo: quando desapercebo uso de gente para
IMPORTANTE FAMÍLIA

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:41  Comentários desativados em FAMÍLIA IMPORTANTE (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  

PEDIDO SINCERO (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


10517514_10203192303501535_368196668628336803_n
PEDIDO SINCERO
Se me lessem mais atentamente com o coração do que interpretassem com o cérebro, outras aproximações ocorreriam e aprenderíamos juntos.

Se me amassem mais incondicionalmente com respeito do que julgassem constantemente, outras energias trocadas ocorreriam.

Se me sorrissem mais abertamente com sinceridade do que inibissem realizações, outras gratidões ocorreriam.

Se me tocassem mais profundamente com honestidade do que usurpassem sonhos, outras integrações ocorreriam.

Se me acarinhassem mais amorosamente com respeito do que coibissem belezas, outras alegrias ocorreriam.

Se me ouvissem mais atentamente com dignidade do que ordenassem normas, outras parcerias ocorreria.

Se me sentissem mais que interpretassem, outra realidades ocorreriam.

PEDIDO SIM, SÉRIO

Imaginemos esse sentimento ampliado à nível planetário e usufruído pelo outro e tantos outros existentes, o quanto contribuiríamos para uma sociedade mais cidadã e respeitosa?

 

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:38  Comentários desativados em PEDIDO SINCERO (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  

A HUMANIDADE CONTINUA E SEGUE EM FRENTE (Série Reflexiva Mente)ROBERTA LESSA


13055358_1776062919288464_5718048522086482676_n
A HUMANIDADE CONTINUA E SEGUE EM FRENTE
Que estejamos todos protegidos pelas asas libertadoras.
Que possamos todos agradecer por nossas vitórias
Que tenhamos todos inspiração para escolher caminhos
Que caibamos todos nas medidas da justiça e merecimento
Que consigamos todos compreender todo o porvir
Que rendamos todos homenagens ao verdadeiro Criador
Que unamos todos em bons penamentos atos e palavras
A HUMILDADE PROCURA MORADIA EM NÓS

 

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:35  Comentários desativados em A HUMANIDADE CONTINUA E SEGUE EM FRENTE (Série Reflexiva Mente)ROBERTA LESSA  

ADQUIRIR ACEITAÇÃO SE DIFERENCIA DA JUSTA CONQUISTA (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


10557243_10203209456450348_6616486515239154042_n

ADQUIRIR ACEITAÇÃO SE DIFERENCIA DA JUSTA CONQUISTA

Sou nada imutável haja vista ser em parte flexível
Sou nada perecível haja vista ser em parte memorável
Sou nada substituível haja vista ser em parte imprescindível
Sou nada silenciável haja vista ser em parte implacável
Sou nada previsível haja vista ser em parte inimaginável
Sou nada inviável haja vista ser em parte razoável
Sou nada rentável haja vista ser em parte oponível
UNANIMIDADE TORNA-SE PATOLOGIA QUANDO AQUISIÇÃO

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:32  Comentários desativados em ADQUIRIR ACEITAÇÃO SE DIFERENCIA DA JUSTA CONQUISTA (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  

MAU DICÇÃO INVOLUNTÁRIA (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


10478151_10203204036074842_3324065431220038663_n
Quando a religião deixar de ser empreendimento, lá Estarei.
Quando a religião esvaziar da luxúria, lá Estarei.
Quando a religião desacreditar do poder humano: lá Estarei.
Quando a religião descrer da injustiça entre homens: lá Estarei.
Quando a religião distanciar da podridão social: lá Estarei.
Quando a religião alimentar de amor incondicional: lá Estarei.
Quando a religião conjurar devoção e fé verdadeira: lá Estarei.
Quando a religião desagregar-se de instituições: lá Estarei.
MALDIÇÃO ALUCINATÓRIA
Texto: Roberta Lessa
Imagem: A incredulidade de São Tomé, como se tornou popularmente conhecido, por Caravaggio ( 1571 – 1610)

“(…) Mostraram uma moeda de ouro a Jesus e disseram-lhe: “Os homens de César exigem-nos tributos.”
Ele disse-lhes: “Dai a César o que pertence a César, dai a Deus o que pertence a Deus e dai-me o que é meu.”(…)

FONTE: Evangelho segundo Tomé

PRESTEMOS MUITA ATENÇÃO AOS FRAGMENTOS, MAS TAMBÉM COMPREENDAMOS O TODO DE QUE ELE É CONSTITUÍDO E FAZ PARTE. BOM SÁBADO À TODOS(AS)

 

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:30  Comentários desativados em MAU DICÇÃO INVOLUNTÁRIA (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  

AVISO PRÉVIO (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA*


11800427_741181675993517_6627739168508315919_n
Nem me venha questionar meus erros: mais que ninguém deles sei e sou, convivo com tudo que construo e distancio do que não me acrescenta.

Nem me venha perguntar minhas falhas: mais que ninguém delas sei e sou, aprendo com todas elas e distancio da que não me orienta.

Nem me venha bisbilhotar meus segredos: mais que ninguém deles sei e sou, partilho tudo a quem desejo e distancio do que me não me sustenta.

Nem me venha blasfemar minhas crenças: mais que ninguém delas sei e sou, desconsidero tudo que me desvia e distancio do que me violenta.

Nem me venha desacreditar meus atos: mais que ninguém deles sei e sou, reafirmo tudo que me ilumina e distancio do que me arrebenta.

Nem me venha silenciar minhas falas: mais que ninguém delas sei e sou, reconsidero tudo que penso e distancio do que me atormenta.

Nem me venha bolinar minhas ideias: mais que ninguém delas sei e sou, reforço tudo o que concluo e sinto e distancio do que não me alimenta
TEXTO: Roberta Lessa
IMAGEM:Coletada na internet

Published in: on 19 de agosto de 2017 at 20:28  Comentários desativados em AVISO PRÉVIO (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA*  
O LADO ESCURO DA LUA

Minha maneira de ver, falar, ouvir e pensar o mundo... se quiser, venha comigo...

palavra[interna]

JAMES MORAIS & LAIANA DIAS | BRAZIL | Poesias & Reflexões

Liberte-se!

Tem coisas que só sai da gente por escrito.

Curtir THE Novo

Espiritualidade, Alegria e tudo que há THE novo

marcianossabemler.wordpress.com/

Para gostar tanto de livros, só poder ser ETE!

DITIRAMBOS

Poemas, Ensaios, Críticas, Biografias, Tudo Sobre Poesia e Poetas Realmente Importantes. A Poesia em Diálogo com outras Artes. A isso se propõe o Ditirambos. Haroldo de Campos: Não importa de fato chamar o poema de poema: importa consumi-lo, de uma ou outra forma, como coisa.

Experimentarte

espaço de expressão do artista

Rubem Alves:

Ler é fazer amor com as palavras.(blog sobre Rubem Alves)

Rubem Alves | Blog não oficial

coletânea de textos desse grande Educador

Esquizofrenia das Artes

Blog dedicado a divulgação cultural e artística

Cacos Metafóricos

por Petterson Farias

Nas Duas Margens

Nas duas margens - blogue de Vamberto Freitas

O LIVRO DOS SERES IMAGINÁRIOS

Vivemos pelo poder das coisas que não existem. Por isso, os deuses são tão poderosos. (Paul Valery)

Poesia Lunar

cercada de poesia por todos os lábios

%d blogueiros gostam disto: