TEMPO (Série Poema Minimalista) ROBERTA LESSA


0000000000000
ONTEM ESPANTO
HOJE ACALANTO
AMANHÃ CANTO
Anúncios

BRASIL (Série Reflexiva) ROBERTA LESSA


223075_10200499095893028_1073376523_n
BRASIL apesar e com todas as flores ainda insisto em amar todas suas matas que mesmo depredadas resistem para que nós humanos possamos viver nossa brasilidade.
BRASIL apesar e com todas as dores ainda insisto em tocar todas suas almas que mesmo aviltadas resistem para que nós humanos possamos crescer nossas inventividades.
BRASIL apesar e com todas as dores ainda insisto em tocar todas suas almas que mesmo aviltadas resistem para que nós humanos possamos crescer nossas inventividade. criatividades.
BRASIL apesar e com todos os sabores ainda revisto em rememorar todas suas histórias que mesmo mascaradas sobrevivem para que nós humanos possamos estabelecer nossa solidariedade.
BRASIL apesar e com todos os labores ainda existo em participar de todas suas artes que mesmo desprezadas reproduzem para que nós humanos possamos enriquecer nossa nacionalidade.
BRASIL apesar e com todos os ditadores ainda invisto creditar todas suas potências que mesmo aviltadas crescem para que nós humanos possamos engrandecer nossas capacidades.
BRASIL apesar e com todas as lidas ainda visito em altar todas suas sacralidades que mesmo adulteradas aparecem para que nós humanos possamos agradecer nossa brasilidade.

COM POÉTICA (Série Poema no Poema)ROBERTA LESSA/FÁBIO BRANDÃO


10646650_10206575255193213_3047231426185991755_n

 

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um soar poético que aprova.
… POETAS SÃO E NÃO.

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um voar peripatético que trova.
… POETAS NÃO E ESTÃO.

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um zoar fonético que desaprova.
… POETAS ESTÃO E VÃO.

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um doar pirético que reprova
… POETAS VÃO E SÃO.

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um toar estético que inova.
… POETAS SÃO E NÃO.

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um egoar peripatético que renova.
… POETAS NÃO E IRÃO.

LONGE, LÁ LONGE E TÃO PERTO…
– Um loar estético que comprova.
… POETAS IRÃO E SÃO.

 

EM DIÁLOGO COM O POEMA “DNA DA POESIA”, DE AUTORIA DE FÁBIO BRANDÃO

BORBOLETEANDO ROBERTA LESSA/NORMA APARECIDA SILVEIRA MORAES


311115_15a6d

BORBOLETEANDO – I

ASAS LIBERTAS
PLENA TRANSMUTAÇÃO
VÉUS E CÉUS TERÃO

BORBOLETEANDO – II

SURGEM CASULOS
SINTOMAS DE MIGRAÇÃO
EM VERSOS NULOS

BORBOLETEANDO – III

PRISÃO ROMPIDA
TRANSCENDENDO  VISÃO
ASAS ARDENTES

BORBOLETEANDO – IV

NUVENS ADENTRAM
SOMEM TOLOS MEDOS
VENTANDO ASAS

BORBOLETEANDO – V

TOQUES SUAVES
EM PÉTALAS SUBLIMES
BEIJANDO NECTAR

BORBOLETEANDO – VI

PRESA AO QUADRO
SECA DE TODA VIDA
BORBOLETA É

BORBOLETEANDO – VI

ASAS LIBERTAS
PLENA TRANSMUTAÇÃO
VÉUS E CÉUS TERÃO

EM DIÁLOGO COM O HAIKAI  “723-724”, DE AUTORIA DE MARIA APARECIDA SILVEIRA MORAES.

ACESSO: http://www.recantodasletras.com.br/haikais/5902610

DITADURA DO POLITICAMENTE CORRETO (Série Reflexiva) ROBERTA LESSA


561391_10200239507323476_1164440105_n
– Quando a consciência é inconsciente vale a pena praticá-la?
– Quando a honestidade é desonesta vale a pena implantá-la?
– Quando a flexibilidade é inflexível vale a pena ostentá-la?
– Quando a praticidade é impraticável vale a pena fomentá-la?
– Quando a realidade é irreal vale a pena decantá-la?
– Quando a potencialidade é impotente vale a pena aguentá-la?
– Quando a igualdade é desigual vale a pena reverenciá-la?
ENQUANTO FORMOS DOMINADOS POR ESSA DITADURA MIDIÁTICA DO POLITICAMENTE CORRETO, TODAS AS CHAGAS COMPORTAMENTAIS PERMANECERÃO FORTALECIDAS NO INCONSCIENTE COLETIVO ENQUANTO EMPREENDEDORES E ADMINISTRADORES DA NAÇÃO CONTINUARÃO LUCRANDO POR TRÁS DE FALSAS CAMPANHAS CONSCIENTIZADORAS NA VERDADE É MAIS UM MECANISMO DE MANIPULAÇÃO DA SOCIEDADE.
– Somos consciente ou impotentes no que somos?
– Somos honestos ou indigestos no que somos?
– Somos flexíveis ou idiotizáveis no que somos?
– Somos práticos ou lunáticos no que somos?
– Somos reais ou bestiais no que somos?
– Somos potências ou incongruência no que somos?
– Somos igualitários ou deficitários no que somos?

NOTAS E RODAPÉS (Série Apenas Uma Frase) RLESSA


consciencia-cristica

 

NOTÍCIAS:

NOTÍCIA SÓ É NOTÍCIA SE HOUVER RESULTADOS DAS INTENSÕES.

NOTÍCIA SÓ GANHA ESPAÇO SE HOUVER MECANISMOS EMOCIONAIS DE MANIPULAÇÕES.

NOTÍCIA SÓ GANHA CONTINUIDADE SE ALGUÉM GANHAR POPULARIDADE…

PENSANDO  O QUANTO SOMOS MANIPULADOS EM TODAS ESTAS REDES, ENTRELAÇADOS DE VERDADES E INVERDADES CONFESSO, ESTOU FARTA DISSO, QUANTAS PESSOAS FAZEM REALMENTE O BEM AO OUTRO E NÃO SOMENTE EM DATAS PRÉ ESTABELECIDA? QUANTAS PESSOAS SE SENSIBILIZAM COM UMA CAUSA REALMENTE ÉTICA E NÃO SOMENTE EM PERÍODOS EM COERÊNCIA COM O PODER VIGENTE? QUANTOS FALAM MAIS ALTOS E DE FORMA EQUÍVOCA E NO INSTANTE QUE TOMAM O PODER JÁ MIRADO ANTECIPADAMENTE AGEM DE FORMA À DETER O PODER? POUCOS OLHAM E VEM OU SE VEEM NA QUESTÃO…

 

POETAS (Série Apenas Uma Frase ) RLESSA/ZEZEZUS


402adf85c7bf1e5524499320e41eaaac

 Poetar é algo visceral, ou melhor até, essencial àqueles que não mais desejam olhar o mundo com os mesmos filtros daqueles que não mais ousam sonhar. És poeta, esteta que ousa o olhar que rima com outro rumos.

EM DIÁLOGO COM O POEMA “POESIA DE NATAL”, DE AUTORIA DE ZEZEZUS

ACESSE: http://www.recantodasletras.com.br/poesias-de-natal/5862581

..

COMER BEBER DORMIR (Série Reflexiva) RLESSA


402adf85c7bf1e5524499320e41eaaac

COMILANÇA À PARTE
nossa arte maior é viver harmoniosamente
CONSUMO À PARTE
nossa sorte maior é saber humildemente
DESEJOS À PARTE
nosso porte maior é conter habilidosamente
DIFERENÇAS À PARTE
nosso baluarte maior é ceder hermeticamente
TEMORES À PARTE
nosso descarte maior é prover holisticamente
INIMIGOS À PARTE
nosso flerte maior é antever harmonicamente
PRESENTES À PARTE
nosso corte maior é crescer heraldicamente

NECESSIDADES (Série Reflexiva) RLESSA


63131_4302065462963_863093695_n
É NECESSÁRIO PERCEBER A INEXISTÊNCIA DAS DIFERENÇAS…
– Por vezes penso, outras ausento.

É URGENTE AÇÕES GLOBAIS DE SALVAGUARDA DA HUMANIDADE..
.-Por vezes ausento, outras busco.

É PRECISO ATENÇÃO E TEMPERANÇA NAS AÇÕES…
– Por vezes busco, outras encontro.

É IMPORTANTE O NÃO TEMOR…
– Por vezes sonho, outras realizo.

É GRADUAL E SISTEMÁTICO O PROCESSO…
– Por vezes realizo, outras silencio.

É O FUTURO OCORRENDO AOS POUCOS..
Por vezes silencio, outras penso.

NOVOS VELHOS TEMPOS (Série Apenas Uma Frase) RLESSA


foto-poema-final-de-ano-2016
“EM TEMPO DE TANTAS INTENSÃO E INTENSIDADE É URGENTE NUTRIR O ESSENCIAL DO SER “
GRATIDÃO À TUDO, AO TODO E À TODOS QUE ESTIVERAM E ESTÃO SEMPRE COMIGO:
O LADO ESCURO DA LUA

Minha maneira de ver, falar, ouvir e pensar o mundo... se quiser, venha comigo...

palavra[interna]

JAMES MORAIS & LAIANA DIAS | BRAZIL | Poesias & Reflexões

Liberte-se!

Tem coisas que só sai da gente por escrito.

Blog Pitacos e Achados

Dicas e Pitacos para o dia a dia

Curtir THE Novo

Espiritualidade, Alegria e tudo que há THE novo

marcianossabemler.wordpress.com/

Para gostar tanto de livros, só poder ser ETE!

DITIRAMBOS

Poemas, Ensaios, Críticas, Biografias, Tudo Sobre Poesia e Poetas Realmente Importantes. A Poesia em Diálogo com outras Artes. A isso se propõe o Ditirambos. Haroldo de Campos: Não importa de fato chamar o poema de poema: importa consumi-lo, de uma ou outra forma, como coisa.

Experimentarte

espaço de expressão do artista

Rubem Alves:

Ler é fazer amor com as palavras.(blog sobre Rubem Alves)

Rubem Alves | Blog não oficial

coletânea de textos desse grande Educador

Esquizofrenia das Artes

Blog dedicado a divulgação cultural e artística

Cacos Metafóricos

por Petterson Farias

Nas Duas Margens

Nas duas margens - blogue de Vamberto Freitas

O LIVRO DOS SERES IMAGINÁRIOS

Vivemos pelo poder das coisas que não existem. Por isso, os deuses são tão poderosos. (Paul Valery)

poesia lunar

cercada de poesia por todos os lábios

Portal Anarquista

pelo apoio mútuo e pela autogestão

%d blogueiros gostam disto: