SOBRE UNICIDADE (Série Apenas Uma Frase) ROBERTA LESSA


11903758_10205916846253401_8018262847979240534_n

O que faz o ser humano único é seu diálogo consigo, é talvez essa a fórmula mágica que tantos procuram externamente, mas que se perdem nessa procura, pois não percebem o óbvio: o existir de um poder interno que o faz íntegro, uno e potencialmente apto a ser o dirigente de si mesmo.

 

 

Anúncios
Published in: on 28 de junho de 2017 at 2:18  Comentários desativados em SOBRE UNICIDADE (Série Apenas Uma Frase) ROBERTA LESSA  
Tags: ,

PRIMAVERA (Série Nanocontos) ROBERTA LESSA


10258422_10202749548952948_6291370450244859829_n

CORES SABORES FLORES EM TENRA MUDANÇA TEMPORAL

Published in: on 22 de setembro de 2016 at 17:31  Comentários desativados em PRIMAVERA (Série Nanocontos) ROBERTA LESSA  
Tags: , , , , , ,

POEMA SAFADINHO (Série Safadezas Poéticas) ROBERTA LESSA


06032016002537

PODERIA ESCREVER UMA POESIA

DAQUELA POR DEMAIS  ABUSADA

OU TALVEZ DA MAIS APIMENTADA

MAS SERIA ESCRITORA QUERIDA ?

DEIXARIA EU TODO NESSE LAMPEJO

TODA ESSA LIBIDO EM MIM CONTIDA

É  POUCO DESSE  MEU TOLO DESEJO

SERIA EU UMA ESCRITORA  FERIDA ?

CESSARIA EU TODA A SUA VOLÚPIA

DOCEMENTE SEM  DEIXAR  FERIDA

POR SER ESTA  A  QUESTÃO INÓPIA

 ESCRITORA TORNARÁ PRETERIDA?

PERDERIA EU A  MINHA DECÊNCIA

SE EU ESCREVESSE  ESSA TAL RIMA

DENUNCIARIA ASSIM A CARÊNCIA

OU SERÁ ELA MINHA OBRA PRIMA?

TENDERIA EU TODA ESSA ANUÊNCIA

ONDE SORVERIA ASSIM À ESSA  AÇÃO

ENTÃO BUSCARIA AS CONFLUÊNCIAS

ENTÃO PODERIA CONFERIR CORAÇÃO

                                                               CEDERIA EU A ESSA TAL  CULTURA

                                                              COMO SE NÃO MAIS TEMESSE NADA

                                                               ASSUMINDO A FALTA DE FRESCURA        

       E FERIRIA DE ALMA CONSTERNADA?

                                                                                                             CABERIA  EM MIM TAMANHA DÚVIDA

                                                                                                             POR NÃO MAIS TEMER A VIL   MORTE

                                                                                                              QUE ABASTECE  AQUECE E  CONVIDA 

                                                                                                         E CONFIGURARIA TAMANHA SORTE?

Published in: on 19 de setembro de 2016 at 22:40  Comentários desativados em POEMA SAFADINHO (Série Safadezas Poéticas) ROBERTA LESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

DESENCONTROS CONSONANTAIS (Série Diálogos Poéticos) ROBERTA LESSA/STELO QUEIROGA


9362c899352030336d57abffa582c61d

palavras suas
SENTEM POREM MENTEM
palavras nuas

palavras leves
MENTEM PORÉM VERTEM
palavras levas

palavras poucas
VERTEM POREM ARDEM
palavras loucas

palavras pegas
ARDEM POREM MEDEM
palavras pagas

palavras soltas
MEDEM POREM TENDEM
palavras santas

palavras cegas
TENDEM POREM FOGEM
palavras negas

palavras puras
GOGEM POREM SENTEM
palavras duras

 

EM DIÁLOGO COM AS PALAVRAS DE “SER POETA” DE AUTORIA DE STELO QUEIROGA,

Published in: on 11 de agosto de 2016 at 22:32  Comentários desativados em DESENCONTROS CONSONANTAIS (Série Diálogos Poéticos) ROBERTA LESSA/STELO QUEIROGA  
Tags: , ,

ACULTURÁVEL SER (Série Reflexiva)ROBERTA LESSA


10303875_10202747251655517_3150598605563323577_n
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A DIZER.
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A FAZER
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A DETER
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A COZER
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A BATER
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A PODER
SOBRE CULTURA NADA OU TUDO A VALER
“Cultura significa todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente em família, como também por fazer parte de uma sociedade da qual é membro.”
FOTO POEMA - Insana Propositura (Roberta Lessa)
CULTURA É BENZIMENTO
CULTURA É ACULTURAMENTO
CULTURA É DISCERNIMENTO
CULTURA É EMPODERAMENTO
CULTURA É ENRIQUECIMENTO
CULTURA É CONHECIMENTO
CULTURA É ACOLHIMENTO
“Cada país tem a sua própria cultura, que é influenciada por vários fatores. A cultura brasileira é marcada pela boa disposição e alegria, e isso se reflete também na música, no caso do samba, que também faz parte da cultura brasileira. No caso da cultura portuguesa, o fado é o patrimônio musical mais famoso, que reflete uma característica do povo português: o saudosismo.”Cultura na língua latina, entre os romanos, tinha o sentido de agricultura, que se referia ao cultivo da terra para a produção, e ainda hoje é conservado desta forma quando é referida a cultura da soja, a cultura do arroz etc. Cultura também é definida em ciências sociais como um conjunto de ideias, comportamentos, símbolos e práticas sociais, aprendidos de geração em geração através da vida em sociedade. Seria a herança social da humanidade ou ainda, de forma específica, uma determinada variante da herança social. Já em biologia a cultura é uma criação especial de organismos para fins determinados.”
download
PODE CULTURA MEDIR
PODE CULTURA PEDIR
PODE CULTURA COIBIR
PODE CULTURA PARIR
PODE CULTURA SORRIR
PODE CULTURA FLORIR
PODE CULTURA LUZIR
“A principal característica da cultura é o mecanismo adaptativo, que consiste na capacidade que os indivíduos têm de responder ao meio de acordo com mudança de hábitos, mais até que possivelmente uma evolução biológica. A cultura é também um mecanismo cumulativo porque as modificações trazidas por uma geração passam à geração seguinte, onde vai se transformando, perdendo e incorporando outros aspetos procurando assim melhorar a vivência das novas gerações. A cultura é um conceito que está sempre em desenvolvimento, pois com o passar do tempo ela é influenciada por novas maneiras de pensar inerentes ao desenvolvimento do ser humano.”
FOTO POEMA-À
TODA CULTURA PODE CONTESTAR
TODA CULTURA PODE CONSCIENTIZAR
TODA CULTURA PODE LIBERTAR
CULTURA PODE AMPLIAR
TODA CULTURA PODE FOMENTAR
TODA CULTURA PODE SALVAR
TODA CULTURA PODE ALIENAR
“Cultura organizacional: O conceito de cultura organizacional remete ao conjunto de normas, padrões e condições que definem a forma de atuação de uma organização ou empresa.”
11034898_10204837044219025_430862342543542896_n
DENTRO DA CULTURA O RESPEITO
DENTRO DA CULTURA O ACEITO
DENTRO DA CULTURA O DEFEITO
DENTRO DA CULTURA O REGEITO
DENTRO DA CULTURA O REFEITO
DENTRO DA CULTURA O DESPEITO
DENTRO DA CULTURA O PLEITO
“Cultura Popular: A cultura popular é algo criado por um determinado povo, sendo que esse povo tem parte ativa nessa criação. Pode ser representada pela literatura, música, arte, dança e etc. A cultura popular é influenciada pelas crenças do povo em questão e é formada graças ao contato entre indivíduos de certas regiões.”
editor_1424880447_na6vts5r-2r
PARA CULTURA LIBERDADE
PARA CULTURA IDONEIDADE
PARA CULTURA SERENIDADE
PARA CULTURA IGUALDADE
PARA CULTURA IDENTIDADE
PARA CULTURA ESPONTANEIDADE
PARA CULTURA SUBJETIVIDADE
“Cultura na Filosofia: De acordo com a filosofia, a cultura é o conjunto de manifestações humanas que contrastam com a natureza ou o comportamento natural.É uma atitude de interpretação pessoal e coerente da realidade, destinada as posições suscetíveis de valor íntimo, argumentação e aperfeiçoamento.Além dessa condição pessoal, cultura envolve sempre uma exigência global e uma justificação satisfatória, sobretudo para o próprio.Podemos dizer que há cultura quando essa interpretação pessoal e global se liga a um esforço de informação, no sentido de aprofundar a posição adotada de modo a poder intervir em debates. Essa dimensão pessoal da cultura, como síntese ou atitude interior, é indispensável.”
11079522_10204818298230387_6784272224189450814_n
CULTURA ETERNAMENTE
CULTURA MANSAMENTE
CULTURA UNIVERSALMENTE
CULTURA RELIGIOSAMENTE
CULTURA RITUALISTICAMENTE
CULTURA INFINITAMENTE
CULTURA ARTISTICAMENTE
“Cultura na Antropologia: A cultura na antropologia é compreendida como a totalidade dos padrões aprendidos e desenvolvidos pelo ser humano.Este tipo de cultura tem como objetivo representar o saber experiente de uma comunidade, saber obtido graças à sua organização espacial, na ocupação do seu tempo, na manutenção e defesa das suas formas de relação humana. Estas manifestações constituem aquilo que é denominado como a sua “alma cultural”, os ideais estéticos e diferentes formas de apresentação.”
0
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE SILÊNCIO
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE BENEFÍCIO
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE SUPLÍCIO
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE COMÉRCIO
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE DESPERDÍCIO
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE ARTIFÍCIO
PEÇAM-ME CULTURA AO INVÉS DE COMÍCIO
EM DIÁLOGO COM UMA PESSOA “LETRADA”, “MESTRA”, AO QUESTIONAR -ME SOBRE O VALOR DE UM MINISTÉRIO DA CULTURA. (RESERVO-ME O DIREITO DE OCULTAR O NOME DE QUEM QUESTIONA, MAS CERTAMENTE ESSE SER LERÁ ISSO.
Published in: on 18 de maio de 2016 at 22:48  Comentários desativados em ACULTURÁVEL SER (Série Reflexiva)ROBERTA LESSA  
Tags: , , ,

http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/


Olá queridos(as)…

Faço parte do espaço poético virtual chamado Recanto das Letras, convido vocês para conhecerem.

Um abraço acarinhado.

O LADO ESCURO DA LUA

Minha maneira de ver, falar, ouvir e pensar o mundo... se quiser, venha comigo...

palavra[interna]

JAMES MORAIS & LAIANA DIAS | BRAZIL | Poesias & Reflexões

Liberte-se!

Tem coisas que só sai da gente por escrito.

Curtir THE Novo

Luz, Alegria e tudo que há THE novo

marcianossabemler.wordpress.com/

Para gostar tanto de livros, só poder ser ETE!

DITIRAMBOS

Poemas, Ensaios, Críticas, Biografias, Tudo Sobre Poesia e Poetas Realmente Importantes. A Poesia em Diálogo com outras Artes. A isso se propõe o Ditirambos. Haroldo de Campos: Não importa de fato chamar o poema de poema: importa consumi-lo, de uma ou outra forma, como coisa.

Experimentarte

espaço de expressão do artista

Rubem Alves:

Ler é fazer amor com as palavras.(blog sobre Rubem Alves)

Rubem Alves | Blog não oficial

coletânea de textos desse grande Educador

Esquizofrenia das Artes

Blog dedicado a divulgação cultural e artística

Cacos Metafóricos

por Petterson Farias

Nas Duas Margens

Nas duas margens - blogue de Vamberto Freitas

O LIVRO DOS SERES IMAGINÁRIOS

Vivemos pelo poder das coisas que não existem. Por isso, os deuses são tão poderosos. (Paul Valery)

Poesia Lunar

cercada de poesia por todos os lábios

%d blogueiros gostam disto: