VERDADE (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA


0.png

 

O que resta à voz se não calar-se diante das verdades que insultam ou exultam versões  equivocadas de si mesmas?

Serei eu leal à isso ou contrário à tudo, sendo que a maior herança postural será a decrepitude imparcial de quem ainda crê  nos equívocos existentes?

– Nessa nave louca e desgovernada de certezas, os sentidos das coisas se invertem vertendo indiferentes às propriedades que a servidão molda ao ser.

Anúncios
Published in: on 16 de julho de 2017 at 6:22  Comentários desativados em VERDADE (Série Reflexiva Mente) ROBERTA LESSA  
Tags: , , , ,

ACEITAÇÕES (Série Diálogos Poéticos) ROBERTA LESSA


 

ACEITO FLORES
… sem reservas ou epitáfios …
… sem trevas ou anúncios …
… sem assertivas ou prenúncios …
… sem tratativas ou resquícios …
… sem prerrogativas ou anseios …
… sem ressalvas ou desafios …
… sem curvas ou discursos …
FLORES COM CORES

ACEITO CORES
… destas que alumiam e adentram …
… destas que chilreiam e aconchegam …
… destas que associam e dialogam …
… destas que norteiam e alumiam …
… destas que delineiam e formam …
… destas que privilegiam e acalmam …
… destas que anseiam e penetram …

CORES COM SABORES
ACEITO SABORES
… entre estradas e caminhos por virem …
… entre cruzadas e espinhos por caírem …
… entre explanadas e carinhos por sentirem …
… entre escadas e ninhos por constituírem …
… entre garfadas e desalinhos por advirem …
… entre piadas e escaninhos por possuírem …
… entre entradas e descaminhos por imitirem …
SABORES COM VALORES

ACEITO VALORES

… Para que eu possa dançar fomentos …

… Para que eu possa nadar encantos …

Para que eu possa dedicar alentos …

… Para que eu possa pegar  cantos …

… Para que eu possa buscar recantos …

… Para que eu possa quebrar quebrantos …

… Para que eu possa jurar sentimento …

VALORES COM FULGORES

ACEITO FULGORES

… Onde houver visão que eu não seja a distração …

… Onde houver distração que eu não seja a consumição …

… Onde houver consumição que eu não seja a erosão …

… Onde houver erosão que eu não seja a proibição …

… Onde houver proibição que eu não seja a aceitação …

… Onde houver aceitação que eu não seja a prostração …

… Onde houver prostração que eu não seja a visão …

FULGORES COM LABORES
ACEITO  LABORES

… Pelo que busco nada mais sei senão o cantar …

… Pelo que encanto nada mais desejo senão o buscar …

… Pelo que desejo nada mais espero senão o encantar …

… Pelo que espero nada mais falo senão o desejar …

… Pelo que falo nada mais juro senão o esperar  …

… Pelo que juro nada mais busco senão o falar …

LABORES COM FURORES
ACEITO FURORES

… há um infinito em mim ainda por existir …

… há uma incógnita em mim ainda por parir …

… há um instante em mim ainda por consentir …

… há uma loucura em mim ainda por luzir …

… há um olhar em mim ainda por punir …

… há uma soma em mim ainda por reunir …

… há um parâmetro em mim ainda por redimir …

FURORES COM FLORES

ACEITO FLORES
… sem reservas ou epitáfios …
… sem trevas ou anúncios …
… sem assertivas ou prenúncios …
… sem tratativas ou resquícios …
… sem prerrogativas ou anseios …
… sem ressalvas ou desafios …
… sem curvas ou discursos …
FLORES COM CORES
 
ACEITO CORES
… destas que alumiam e adentram …
… destas que chilreiam e aconchegam …
… destas que associam e dialogam …
… destas que norteiam e alumiam …
… destas que delineiam e formam …
… destas que privilegiam e acalmam …
… destas que anseiam e penetram …
CORES COM SABORES
 
ACEITO SABORES
… entre estradas e caminhos por virem …
… entre cruzadas e espinhos por caírem …
… entre explanadas e carinhos por sentirem …
… entre escadas e ninhos por constituírem …
… entre garfadas e desalinhos por advirem …
… entre piadas e escaninhos por possuírem …
… entre entradas e descaminhos por imitirem …
SABORES COM VALORES
 
ACEITO VALORES
… Para que eu possa dançar fomentos …
… Para que eu possa nadar encantos …
… Para que eu possa dedicar alentos …
… Para que eu possa pegar  cantos …
… Para que eu possa buscar recantos …
… Para que eu possa quebrar quebrantos …
… Para que eu possa jurar sentimento …
VALORES COM FULGORES
 
ACEITO FULGORES
… Onde houver visão que eu não seja a distração …
… Onde houver distração que eu não seja a consumição …
… Onde houver consumição que eu não seja a erosão …
… Onde houver erosão que eu não seja a proibição …
… Onde houver proibição que eu não seja a aceitação …
… Onde houver aceitação que eu não seja a prostração …
… Onde houver prostração que eu não seja a visão …
FULGORES COM LABORES
 
ACEITO  LABORES
… Pelo que busco nada mais sei senão o cantar …
… Pelo que encanto nada mais desejo senão o buscar …
… Pelo que desejo nada mais espero senão o encantar …
… Pelo que espero nada mais falo senão o desejar …
… Pelo que falo nada mais juro senão o esperar  …
… Pelo que juro nada mais busco senão o falar …
LABORES COM FURORES
 
ACEITO FURORES
… há um infinito em mim ainda por existir …
… há uma incógnita em mim ainda por parir …
… há um instante em mim ainda por consentir …
… há uma loucura em mim ainda por luzir …
… há um olhar em mim ainda por punir …
… há uma soma em mim ainda por reunir …
… há um parâmetro em mim ainda por redimir …
FURORES COM FLORES

SEU RISO(Série Apenas Uma Frase) ROBERTA LESSA


222
… E CONTAM COM ESSA IDENTIDADE BRASILEIRA DE RIR DE TUDO E DE SUA PRÓPRIA CONDIÇÃO…
Published in: on 26 de maio de 2017 at 14:44  Comentários desativados em SEU RISO(Série Apenas Uma Frase) ROBERTA LESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

EQUIVOCOS VERBAIS (Série Frases que Ainda Ouço)ROBERTA LESSA


395207_4055728904703_1657267772_n

(Foto Poema-RLessa) Imagem da Internet

“(…) SINTA-SE PRIVILEGIADA SÓ PELO FATO DE SERVIR-ME(…)” 
Published in: on 26 de maio de 2017 at 13:09  Comentários desativados em EQUIVOCOS VERBAIS (Série Frases que Ainda Ouço)ROBERTA LESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

SOBRE ARTE – V (Série Apenas uma Frase) ROBERTA LESSA


485316_4847344774605_1539992446_n
Há quem busca arte em resultados, na posse, no consumo, nos atropelos, e nem percebe que ela o é sem que sejamos, o faz sem que a façamos, existe sem que a solucionemos…
Published in: on 12 de fevereiro de 2017 at 23:25  Comentários desativados em SOBRE ARTE – V (Série Apenas uma Frase) ROBERTA LESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

MEUS MESTRES (Série Ode Em Casa) RLESSA


0000
Tive ótimos e inteligentes mestres, outros apenas desafios….
Tive saudáveis e amados mestres, outros apenas desafios….
Tive queridos e aconchegantes mestres, outros apenas desafios….
Tive comprometidos e leais mestres, outros apenas desafios….
Tive calmos e educativos mestres, outros apenas desafios….
Tive espelháveis e libertadores mestres, outros apenas desafios….
Tive ternos e eternos mestres, outros apenas desafios….
MESTRES ME CONDUZIRAM AO LIVRE PENSAR E OS DESAFIOS TREINARAM-ME AO LIVRE OPTAR.

REFLEXÃO E INFLEXÃO (Série Reflexiva) RLESSA


editor_1471450476_7roovbhe
Reflexão é necessária se transformada em ação
Reflexão é preciosa se valorizada com ações
Reflexão é urgente se transitante em ações
Reflexão é efervescente se transmutada por ações
Reflexão é contagiante se transmitida por ações
Reflexão é evolução se caminhando com ações
Reflexão é resultado se labutada nas ações
PRESENTEMENTE “SUBJUNTO” O FLEXIONAR VERBOS PARA:

que eu reflita
que tu reflitas
que ele reflita
que nós reflitamos
que vós reflitais
que eles reflitam

MAS SINTO MUITO AINDA A FLEXIBLIZAR (ME) …

 

Published in: on 17 de outubro de 2016 at 20:35  Comentários desativados em REFLEXÃO E INFLEXÃO (Série Reflexiva) RLESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ODE AOS LEITORES DESCABIDOS (Série Ode Em Casa) RLESSA


11073330_10204818088625147_4380269842885515070_n.jpg

 

Meu bom dia hoje é desprovido de poesia sintética, mas intenso em conteúdos que emprestei de meus muitos amados poetas, vale a pena ganhar um tempinho com esses amigos literatos,

Como eu hoje já ganhei minha manhã:

– Para os não-leitores que são incapazes de ler uma boa literatura e apenas desejam censurar os texto por eles muitas vezes mal lidos um conselho e antes de mais nada :

=aprendam a ler literatura.

 

Published in: on 6 de outubro de 2016 at 14:25  Comentários desativados em ODE AOS LEITORES DESCABIDOS (Série Ode Em Casa) RLESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

OLHAR (Série Nanocontos) ROBERTA LESSA/ANTONIO TAVARES DE LIMA


942271_1110135902341297_2191524757280686994_n

 

VISÃO RADIANTE SOMENTE QUANDO DISTANTE ADMITES AUSÊNCIA.

 

EM DIÁLOGO COM O POEMA “OLHAR INDECIFRÁVEL”, DE AUTORIA DE ANTONIO TAVARES DE LIMA

Published in: on 22 de setembro de 2016 at 12:42  Comentários desativados em OLHAR (Série Nanocontos) ROBERTA LESSA/ANTONIO TAVARES DE LIMA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

QUESTÕES ALEATÓRIAS (Série Filosofiando Ideias) ROBERTA LESSA


150182_4105985401084_1051602914_n

 

“Pequenissímissimas” questões aleatórias

EXISTE O INVISÍVEL EM CADA PESSOA?

SOMOS TIRANOS TIRANIZADOS?

O VERDADEIRO SÁBIO DISTANCIA AS PESSOAS?

SOMOS SERES MORTAIS E IMORTAIS NESSA DIALÉTICA VIDA?

NÓS SOMOS A POTENCIA DAQUILO QUE ESTÁ EM NÓS LATENTE?

INVENTAMOS MITOS PARA EXPLICAR TUDO POR METÁFORAS?

ADMINISTRAMOS BEM CADA UM DE NOSSOS PENSAR E AGIR?

O aleatório traduz-nos o migrar dos saberes comuns à sabedoria real.

 

Published in: on 21 de setembro de 2016 at 17:00  Comentários desativados em QUESTÕES ALEATÓRIAS (Série Filosofiando Ideias) ROBERTA LESSA  
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
O LADO ESCURO DA LUA

Minha maneira de ver, falar, ouvir e pensar o mundo... se quiser, venha comigo...

palavra[interna]

JAMES MORAIS & LAIANA DIAS | BRAZIL | Poesias & Reflexões

Liberte-se!

Tem coisas que só sai da gente por escrito.

Curtir THE Novo

Luz, Alegria e tudo que há THE novo

marcianossabemler.wordpress.com/

Para gostar tanto de livros, só poder ser ETE!

DITIRAMBOS

Poemas, Ensaios, Críticas, Biografias, Tudo Sobre Poesia e Poetas Realmente Importantes. A Poesia em Diálogo com outras Artes. A isso se propõe o Ditirambos. Haroldo de Campos: Não importa de fato chamar o poema de poema: importa consumi-lo, de uma ou outra forma, como coisa.

Experimentarte

espaço de expressão do artista

Rubem Alves:

Ler é fazer amor com as palavras.(blog sobre Rubem Alves)

Rubem Alves | Blog não oficial

coletânea de textos desse grande Educador

Esquizofrenia das Artes

Blog dedicado a divulgação cultural e artística

Cacos Metafóricos

por Petterson Farias

Nas Duas Margens

Nas duas margens - blogue de Vamberto Freitas

O LIVRO DOS SERES IMAGINÁRIOS

Vivemos pelo poder das coisas que não existem. Por isso, os deuses são tão poderosos. (Paul Valery)

Poesia Lunar

cercada de poesia por todos os lábios

%d blogueiros gostam disto: